Lei Estadual de Incentivo ao Esporte

Projeto Esporte e Inclusão
  • Projeto Esporte e Inclusão

  • O QUE É O PROJETO?

     

    Atividades esportivas tem potencial para estimular o convívio social e o desenvolvimento psicomotor de pessoas com deficiência intelectual.

    O objetivo do projeto “Esporte e inclusão” é promover oficinas adaptadas de judô, slackline, circuito funcional, yoga e zumba para 60 pessoas com deficiência intelectual.

    As aulas são um importante espaço de relacionamento e crescimento pessoal, que promovem melhora nos movimentos, socialização e inclusão social dos beneficiários do projeto.

  • COMO FUNCIONA O PROJETO?

     

    • As atividades serão realizadas na sede do Instituto Mano Down e, as oficinas abertas serão realizas em praças que serão definidas durante a execução do projeto.

  • Atividades contempladas pelo Projeto

    JUDÔ

  • O judô é uma modalidade para todos, seja o forte, o menos habilidoso, o deficiente, pois segundo o ECA (Estatuto da criança e adolescente) o esporte é um direito de todos. O aluno que pratica judô aprende que se deve “ceder para vencer”, “ser perseverante”, “cair para se levantar”, entre outros preceitos aplicados na luta e na vida (SHIOZAWA, 1999 apud DA COSTA; SOUZA,2004), abrangendo a todos que praticam.

    Os benefícios do judô são para todos que praticam a arte, pois, não foi criado apenas para pessoas que tem como objetivo a estética do corpo, a ocupação ociosidade, a defesa pessoal, a qualidade de vida física e mental.

    • Vagas: 20 vagas – distribuídas em duas turmas com 10 participantes cada
    • Periodicidade: Duas vezes por semana, quartas e sextas – com 1h30 de duração

     

  • SLACKLINE

  • O slackline é um esporte que propicia desenvolvimento em diversos aspectos, trazendo uma série de benefícios aos praticantes. Esta modalidade desenvolve além do equilíbrio, concentração, técnicas de respiração, força, resistência, agilidade e flexibilidade, na realização dos movimentos, de maneira harmoniosa.

    Além de aprimorar a capacidade de se distanciar dos acontecimentos em volta, também traz paz de espírito. Esses benefícios começam com o desafio de se equilibrar na fita (RICARDO, 2011 apud MACHADO,2015).

    • Vagas: 20 vagas – distribuídas em 2 turmas com 10 participantes cada
    • Periodicidade: Uma vez por semana, segunda-feira – com 1h30 de duração

     

  • TREINAMENTO FUNCIONAL

  • O treinamento de força ou treinamento resistido é um principal protocolo de condicionamento físico e reabilitação, o qual é realizado com pesos (cargas) divididos em séries e repetições nas quais visam estimular grupos musculares no intuito de promover aumento de força e volume de massa muscular. Deste modo, entende-se que a atividade muscular é que determina as melhoras nos níveis de força e resistência muscular, o que pode se enquadrar para uma melhor qualidade de vida para a população com essa patologia (CASTILHO, 2014 apud PAULA;ALVES;ARRUDA, 2017).

     

    • Vagas: 20 vagas – distribuídas em 2 turmas com 10 participantes cada
    • Periodicidade: Duas vezes por semana, terças e quintas – com 1h30 de duração

     

  • YOGA

  • São inúmeros os benefícios para a saúde física e mental, promovidos pela Yoga, prática ancestral da Índia. As Oficinas de Yoga contribuem para o desenvolvimento de pessoas com deficiência intelectual (síndrome de Down), trabalhando aspectos de respiração, meditação, relaxamento, reflexão, consciência corporal, entre outros.

     

    • Vagas: 20 vagas – distribuídas em 2 turmas com 10 participantes cada
    • Periodicidade: Duas vezes por semana, terças e quintas – com 50 minutos de duração

    Duas turmas de 10 pessoas 50 minutos aula.

     

  • ZUMBA

  • A zumba é uma atividade que traz diversos benefícios para a saúde e o bem-estar. As Oficinas de Zumba contribuem para o desenvolvimento físico e emocional das pessoas com síndrome de Down, pois durante as aulas são trabalhadas questões como: ritmo, a concentração, a parte cognitiva, a autoestima, a mobilidade e a socialização.

     

    • Vagas: 20 vagas – distribuídas em 2 turmas com 10 participantes cada
    • Periodicidade: Duas vezes por semana– com 50 minutos de duração

     

     

  • INFORMAÇÕES PARA INSCRIÇÕES:

     

    Poderão participar do projeto pessoas com deficiência intelectual (Síndrome de Down), com faixa etária a partir dos 10 anos. Estes deverão residir em Belo
    Horizonte e região metropolitana.

    Poderão participar do projeto pessoas com deficiência intelectual (Síndrome de Down), com faixa etária a partir dos 10 anos. Estes deverão residir em Belo Horizonte e região metropolitana.

    As inscrições serão efetivadas conforme ordem de manifestação de interesse no site institucional. Para efetivação da inscrição os participantes deverão apresentar:

    • Cópia do documento de identidade do participante;
    • Cópia do comprovante de residência;
    • Cópia do documento de identidade dos pais ou responsáveis;
    • Atestado médico de comprovação de aptidão par a atividade física;
    • Cópia do documento de identidade dos pais ou responsáveis.

     

  • MATERIAL DE CAPTAÇÃO

    Clique no botão abaixo e confira o material de captação do Projeto.

     

  • Parceria: